Tira o dedo da boca, menino! Entenda e saiba o que fazer

 

Tira o dedo da boca, menino! Entenda e saiba o que fazer: O hábito tem a função de acalmar o bebê. Em vez de brigar, melhor encará-lo com naturalidade.

 

No exame de ultrassom, a surpresa: o bebê apareceu chupando o dedinho. Nessa época, os pais se derretem e acham uma graça. Mas já fora da barriga da mãe, o hábito costuma trazer preocupação. Será que ele vai ficar com os dentes tortos? O risco, de fato, existe. “Depois dos 3 anos, as consequências podem ser sérias, como problemas de mastigação e dentição, atraso na fala e até no aspecto emocional”, diz a pediatra Marianne Paiva Carneiro, da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

 

 

Segundo a especialista, a criança chupa o dedo instintivamente para se acalmar, geralmente na hora de dormir, ou quando está longe da mãe. A mania persiste até 1 ano e meio ou 2 anos de idade – período que coincide com a fase oral, onde o prazer está relacionado à boca. “À medida que o bebê cresce e se ‘desgruda’ da mãe, no entanto, ele vai descobrir novas maneiras de se tranquilizar sozinho”, explica a pediatra. Por isso, evite chamar a atenção e encare o fato com naturalidade. Mas você também pode tomar algumas medidas leves para ajudá-lo a esquecer o mau costume.

 

 

Assim que ele dormir, por exemplo, tire o dedo dele da boca. “De dia, em vez de dar bronca, desvie a atenção da criança para outras atividades”, sugere Marianne. Que tal ocupar as mãos brincando de massinha, desenhando ou pintando? Outra saída é oferecer um objeto de transição, como uma fralda ou bicho de pelúcia, que tem a função de dar segurança à criança quando a mãe não está por perto. Dê o objeto ao perceber que ela está com sono. Depois de um tempo, ela mesma vai pedi-lo.

 

 

Por último, não deixe que ninguém faça piada ou rotule a criança, por mais nova que ela seja. E jamais use artifícios como amarrar a mão ou colocar pimenta nos dedos. Além de não resolver o problema, ainda pode causar transtornos emocionais. Alguns pais preferem trocar o dedo pela chupeta, que pode ser mais fácil de largar depois. No entanto, este acessório pode trazer outros problemas, como atrapalhar a amamentação. Por isso, converse antes com o pediatra do seu bebê.

 

Fonte: Canal Natura

 

Não deixe de conferir nossa FanPage: www.facebook.com/Dailybaby

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *