Queimadura Infantil, saiba o que fazer!

 

Queimadura em crianças

Nada de passar margarina, pasta de dente ou clara de ovo em queimadura. Saiba o que fazer se esse acidente acontecer com seu filho.

 

 

Por mais que você nunca deixe seu filho chegar perto do fogo, acidentes acontecem e é preciso estar preparado para cuidar de eventuais queimaduras. E elas costumam acontecer de várias formas. Os bebês, por exemplo, podem se queimar no banho ou com bolsas de água quente, já que a pele deles é mais sensível. Quando começam aengatinhar, se deparam com tomadas e fios

 

 

de aparelhos eletrônicos (que muitas vezes provocam choques e queimaduras) e são capazes de puxar a toalha da mesa com alimentos quentes em cima. A cozinha da sua casa também merece atenção redobrada: seu filho pode queimar a palma da mão na tampa do forno ou mexer nos cabos das panelas. A solução é ficar alerta mas, se mesmo assim ele se queimar, veja o que fazer:

 

 

– Coloque a área afetada embaixo da água corrente por cinco minutos, para aliviar a dor, limpar o local e impedir que a queimadura cresça. Isso porque o tecido da pele fica quente e o calor pode se espalhar, afetando os tecidos vizinhos.

 

 

– Não estoure bolhas, pois isso pode virar porta de entrada para infecções, nem passe receitas caseiras na queimadura.

Pasta de dente, margarina e clara de ovo podem atrapalhar o processo de cicatrização, já que aumentam a chance de infeccionar.

– Se a criança reclamar de dor, ligue para o pediatra e peça uma indicação de analgésico.

 

– Se seu filho queimar o rosto, as mãos, a região genital ou uma superfície maior do que a da palma da mão dele, precisa correr ao hospital. As bolhas também são um sinal de alerta para procurar um médico, já que indicam uma queimadura mais séria. Se for uma área menor (como a pontinha do dedo) e não tiver bolha, basta lavar, dar analgésico e hidratar com cremes próprios, sempre acompanhando para ver se o machucado piora.

 

 

– Queimadura de sol é como a de fogo. O mais importante é ver se tem bolha, o que caracteriza um caso mais grave. Se estiver só vermelho, a orientação é tomar muito líquido para hidratar e ficar de olho na temperatura, porque pode dar febre.

 

 

– As queimaduras podem ser de 1º grau, quando a pele fica vermelha e dolorida, de 2º grau, que apresenta bolhas, ou de 3º grau, que, apesar de não doer, é a mais grave e forma uma casca escura ou esbranquiçada. Nos casos leves, o ferimento desaparece sozinho em até uma semana.

 

 

Fontes: Ricardo Simões Morando, pediatra do Hospital e Maternidade Rede D’Or São Luiz (SP) e David Gomes, cirurgião plástico responsável pela unidade de queimaduras do Hospital das Clínicas (SP)

 

Não deixe de conferir nossa FanPage: https://www.facebook.com/Dailybaby

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *